Fortaleza, Sábado, 04 Julho 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Deputado Salmito comenta veto da anistia a policiais militares - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sábado, 29 Fevereiro 2020 12:45

Deputado Salmito comenta veto da anistia a policiais militares

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Salmito Deputado Salmito Foto: Edson Júnior Pio
O deputado Salmito (PDT) discordou, no primeiro expediente da sessão plenária extraordinária da Assembleia Legislativa deste sábado (29/20), do posicionamento do deputado Renato Roseno (Psol) sobre votação do veto a anistia dos policiais militares.

Em pronunciamento, o deputado Renato Roseno teria afirmado que a crise é fruto de equívocos cometidos em mais de três décadas na área de segurança pública e da falta de debate sobre a desmilitarização da polícia. O parlamentar também criticou a forma “irresponsável” como o recurso da anistia foi usado em situações de abusos protagonizados por policiais.

Salmito afirmou que concorda coma visão ampla do colega sobre a situação, mas observou que o Ceará há muitos anos vem investindo nas políticas de segurança pública. “Ainda no governo Cid inauguramos a mais moderna academia de formação militar, tivemos a Lei das Promoções, concursos para a Polícia. Concordo em relação a integridade desses profissionais, que precisamos fazer mais, mas antigamente nem com colete a prova de bala essas pessoas contavam”, salientou.

O parlamentar lembrou ainda que a proposta de reestruturação salarial para oficiais e praças da Polícia Militar e Bombeiros Militares em tramitação na Assembleia Legislativa foi construída por meio de diálogo com a categoria e fruto de acordo. “O soldado que tinha o salário mais baixo passa a receber R$ 4,500. Isso num estado onde metade da população sobrevive com meio salário-mínimo. O debate precisa ser feito com clareza e a população precisa saber quem negociou, dialogou e quis acordo e quem está fazendo politicagem e a população cearense de refém”, assinalou.

Em aparte, o deputado Renato Roseno reafirmou que, na visão dele, a crise da segurança é reflexo de um acúmulo de problemas. “O fato de eu ser de oposição e tecer críticas não impede de eu enfrentar a situação junto a vocês. Me coloquei à disposição do presidente da Casa e da liderança para mediar a situação. Mas mesmo durante a crise, é preciso olhar o que houve de errado. Não há participação da sociedade na definição da política de segurança pública. O abandono do Ceará Pacífico não foi da sociedade civil, e sim do governador que emponderou apenas a política ostensiva”, justificou.

O deputado Júlio César Filho (Cidadania) lamentou o pronunciamento do deputado Renato Roseno. “A desmilitarização é importante. Mas a população quer saber se vai poder sair de casa e voltar vivo. A mesa de negociação com as forças de segurança sempre esteve aberta e o senhor participou desse processo”, frisou.

O deputado Romeu Aldigueri (PDT) agradeceu o apoio da Polícia Civil e da Perícia Forense. Nesse momento de crise, essas duas instituições estão mantendo a segurança. A todos nosso respeito e admiração”, enalteceu. Já o deputado Fernando Hugo (PP) comentou que aqueles parlamentares que votarem contra a matéria estariam votando contra a paz do cearense.
LA/AT

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 240 vezes Última modificação em Domingo, 01 Março 2020 10:30

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

A campanha nacional Junho Vermelho, para doação de sangue, este ano é realizada de forma virtual, devido à Covid-19. Você costuma doar sangue?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500