Fortaleza, Terça-feira, 07 Julho 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Júlio César Filho defende cumprimento da lei estadual que dá descontos em mensalidades - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 03 Junho 2020 16:35

Júlio César Filho defende cumprimento da lei estadual que dá descontos em mensalidades

Avalie este item
(0 votos)
O deputado Júlio César Filho (Cidadania) na ordem do dia da sessão deliberativa extraordinária do Sistema de Deliberação Remoto (SDR), a manutenção da aplicação da lei sancionada pelo governador Camilo Santana que concede desconto em mensalidades durante o plano de contingência de enfrentamento ao novo coronavírus.

Conforme o parlamentar há uma liminar no Supremo Tribunal Federal que, segundo ele, impede a aplicação da lei no Estado. Para o deputado a Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrada no STF pela Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen) não estabelece critérios para as escolas.  “Infelizmente há uma liminar que atrapalha a nossa lei que é bem mais criteriosa”.

Ele disse que entidades de ensino estão dialogando com a Defensoria Pública do Estado propondo que a lei estadual seja mantida os critérios estabelecidos na lei sancionada pelo governador Camilo Santana, caso seja revogada pelo Poder Judiciário.

Júlio César Filho ressaltou que a lei que concede desconto nas mensalidades foi discutida amplamente com entidades, sindicatos, pequenas, médias e grandes escolas, pais de estudantes. O parlamentar justificou que a medida é para não gerar desemprego aos professores e demais funcionários das escolas.

O deputado ainda lamentou a deflagração da operação da Polícia Civil, a pedido do Ministério Público Estadual, para executar nove mandados de busca e apreensão no Hospital da Mulher, em Fortaleza, no Hospital Municipal de Maracanaú e em empresas para investigar suposto superfaturamento de preços na compra de equipamentos de proteção individual (EPI).

O parlamentar informou que a venda foi realizada por empresas que, segundo ele, deixaram indícios de superfaturamento. O deputado manifestou-se preocupado e comunicou que vai acompanhar os desdobramentos.

“Não é a primeira vez que Maracanaú é investigada pelo Ministério Público Estadual. O Poder Executivo Municipal já foi alvo de várias outras operações que ainda estão em curso e tendo seus desdobramentos”, afirmou o deputado. 

O deputado disse ainda que está preocupado com a lisura e aplicação dos recursos financeiros na cidade. Ele ressalta que o Poder Público está recebendo recursos dos governos Federal e Estadual, no entanto, pediu transparência nos investimentos. Júlio César salienta que não havendo superfaturamento o município poderá adquirir mais insumos, materiais, custear leitos.

LV/LF

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 252 vezes Última modificação em Quarta, 03 Junho 2020 16:40

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

A pandemia da Covid-19 trouxe mudanças no cotidiano da sociedade (o home office é uma delas). Você acha que o trabalho remoto veio para ficar?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500