Fortaleza, Quinta-feira, 13 Agosto 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Lei assegura Semana do Laço Branco no Ceará - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 05 Mai 2020 12:30

Lei assegura Semana do Laço Branco no Ceará

Avalie este item
(0 votos)
A proposta de criação da Semana do Laço Branco, iniciativa do deputado Elmano Freitas (PT) com o objetivo de envolver e engajar os homens pelo fim da violência contra as mulheres, aprovada pela Assembleia Legislativa do Ceará no fim de 2019, agora é lei estadual (nº 17.171). A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado, no dia 9 de janeiro deste ano.

A semana envolve dia 6 de dezembro de cada ano, quando serão desenvolvidas ações educativas com foco na sensibilização para o enfrentamento e a prevenção à violência, bem como a promoção de debates entre a sociedade e a administração sobre as políticas públicas de prevenção que contribuam para reduzir os índices de violência.

De acordo com Elmano Freitas, a medida, de grande importância, faz parte de uma estratégia de mobilização pelo fim da violência contra as mulheres, “entendendo que é um problema para as mulheres e para os próprios homens”.

O parlamentar considera estudos realizados que “evidenciam uma situação preocupante”.

Segundo o deputado, pesquisa recente realizada no Rio de Janeiro com 749 homens, com idade entre 15 e 60 anos, destaca que 25,4% afirmaram ter usado violência física contra a parceira; 17,2% informaram ter usado violência sexual e 38,8% confirmaram ter insultado, humilhado ou ameaçado, pelo menos uma vez, a parceira. Em Recife, em  2002, foi aplicado um questionário com 170 recrutas das Forças Armadas. Na questão “há momentos em que mulher merece apanhar?” 25%responderam sim; 18% disseram que depende. Além disso, 18% pontuaram que “já usaram agressão física contra uma mulher”.

O deputado explica também que a data escolhida, 6 de dezembro, marca o dia em que um jovem de 25 anos atirou contra estudantes da Escola Politécnica de Montreal, no Canadá, matando 14 mulheres e ferindo outras 14. Depois se suicidou. O crime ficou conhecido como o “Massacre de Montreal”, gerando amplo debate sobre as desigualdades entre homens e mulheres e a violência gerada por esse desequilíbrio social.

A Campanha Laço Branco está presente em todos os continentes e em mais de 55 países, sendo apontada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a maior iniciativa mundial voltada para o envolvimento dos homens com a temática da violência contra a mulher.

No Brasil, algumas iniciativas pontuais começaram a ser delineadas em 1999, por meio de atividades dirigidas a essa temática, realizadas em Recife, pelo Instituto Papai e, em Brasília, pelo Promundo, com o objetivo de ampliar cada vez mais a rede, sensibilizando profissionais e/ou comunidades em geral. O lançamento oficial da campanha foi realizado em 2001.
PE/AT
   

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 349 vezes Última modificação em Terça, 05 Mai 2020 19:26

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As condições para garantir a atuação da mulher na política são satisfatórias?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500