Fortaleza, Quarta-feira, 23 Setembro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Materiais usados no tratamento da Covid-19 devem ter rigor no descarte - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 22 Julho 2020 11:44

Materiais usados no tratamento da Covid-19 devem ter rigor no descarte

Avalie este item
(0 votos)
Materiais usados no tratamento da Covid-19 devem ter rigor no descarte Foto: Divulgação Internet
Equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras, luvas e aventais, utilizados no período de pandemia do novo coronavírus deverão ser acondicionados e descartados em sacos de lixo apropriados. A proposta é do deputado Carlos Felipe (PCdoB).

Em tramitação na Assembleia Legislativa, o projeto de lei n° 128/20 determina que todo resíduo deve ser colocado em embalagem impermeável, resistente a ruptura e vazamento, respeitados os limites de peso. Ainda de acordo coma matéria, será proibido o acondicionamento junto com o lixo comum.

“Busca-se evitar a disseminação do coronavírus por meio do descarte irregular dos equipamentos de proteção individual (EPI) utilizados durante a pandemia, visando especialmente à proteção dos coletores e agentes de limpeza da capital”, justifica o autor. De acordo com o parlamentar, o objetivo é, portanto, estender para as demais pessoas os cuidados necessários ao descartar os EPIs utilizados.

O deputado acrescenta que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANS), por meio de nota, explica o correto descarte dos EPIs utilizados pelos profissionais da saúde durante a pandemia da Covid-19.  No alerta, a agência observa que, além de usar o EPI apropriado, todos os profissionais devem ser orientados sobre como utilizar, remover e descartar adequadamente os EPIs.

Ainda de acordo com o documento da ANS, os resíduos devem ser acondicionados em sacos vermelhos, substituídos quando atingirem 2/3 da capacidade ou, pelo menos, uma vez a cada 48 horas, independentemente do volume e identificados pelo símbolo de substância infectante. Além disso, esses resíduos devem ser tratados antes da disposição final ambientalmente adequada.
LS/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 214 vezes Última modificação em Quarta, 22 Julho 2020 16:52

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

As mudanças de hábito promovidas pela pandemia da Covid-19 serão incorporadas pela sociedade?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500