Fortaleza, Terça-feira, 17 Mai 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Rachel Marques destaca Dia Nacional da Consciência Negra - QR Code Friendly
Sexta, 20 Novembro 2015 11:53

Rachel Marques destaca Dia Nacional da Consciência Negra

Avalie este item
(0 votos)
Dep. Rachel Marques (PT) Dep. Rachel Marques (PT) Foto: Paulo Rocha
A deputada Rachel Marques (PT) destacou nesta sexta-feira (20/11), durante o primeiro expediente da sessão plenária, o Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado hoje, 20 de novembro. A petista lembrou a história de Zumbi de Palmares, “símbolo da resistência negra ao escravismo e da luta dos afrobrasileiros contra o racismo, a discriminação e a exclusão”, e cobrou políticas afirmativas no combate à discriminação racial.

A data, segundo ela, foi criada em 1995 para lembrar os 300 anos da morte de Zumbi dos Palmares e, em 2003, foi incluída no calendário escolar nacional.

A petista destacou a Macha das Mulheres Negras, realizada na última terça-feira (18/11), em Brasília. “Numa linda manifestação, as mulheres foram às ruas cheias de coragem, força, alegria e com pautas importantes que marcaram o dia”, pontuou.

Rachel Marques afirmou que é grande o número de mulheres negras no País. São 49 milhões de mulheres negras, que representam 25% da população brasileira.

A parlamentar lamentou o crescimento da violência contra essas cidadãs e  disse que dados revelados pelo Mapa da Violência apontam um aumento de 54% de assassinatos. Segundo ela, a cada 1h50 uma mulher negra morre, e elas têm três vezes mais chance de serem estupradas do que mulheres brancas, além de serem as maiores vítimas de violência doméstica. “Então é necessário tratar de forma específica e ter políticas públicas para reverter esses índices”, defendeu.

Em aparte, deputado Zé Ailton Brasil (PP) parabenizou a abordagem do assunto e afirmou inclusive que a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, da qual é presidente, vem recebendo denúncias de racismo na Universidade Federal do Ceará (UFC), onde será realizada audiência pública para discutir a questão. “A Comissão tem procurado, ao longo de 2015, discutir essa questão com transparência e a participação popular”, disse.

A deputada Dra. Silvana (PMDB) endossou a crítica contra o racismo e discordou daqueles que negam a existência do preconceito. “Existe sim é notório. Infelizmente a gente pode testemunhar; vemos insultos e piadas. É uma coisa extremamente pejorativa”, criticou. “Sou tão antirracista que sou contra qualquer tipo de cotas”, pontuou.
LS/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 835 vezes Última modificação em Sexta, 20 Novembro 2015 12:00

Mídia

Dep. Rachel Marques (PT) Agência de Noticias da ALCE

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500