Fortaleza, Domingo, 26 Janeiro 2020

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Dra. Silvana ressalta interesse do Ceará em aderir a escolas cívico-militares - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 17 Outubro 2019 11:31

Dra. Silvana ressalta interesse do Ceará em aderir a escolas cívico-militares

Avalie este item
(0 votos)
Deputada Dra. Silvana Deputada Dra. Silvana Foto: Edson Júnior Pio
A deputada Dra. Silvana (PL) ressaltou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (17/10), que o Governo do Estado manifestou interesse em aderir ao Programa de Escolas Cívicos-Militares, do Ministério da Educação.

De acordo com a parlamentar, muitas pessoas a questionaram se o governador Camilo Santana havia sinalizado, de fato, interesse no projeto. A deputada informou que se reuniu com o chefe do executivo, que confirmou a intenção no projeto. “O governador me tranquilizou que foi sinalizada, sim, a intenção e que o Ceará não iria deixar passar esse investimento, ainda mais na área da educação, símbolo do desenvolvimento do nosso estado”, informou.

Dra. Silvana comentou que, dos 643 municípios que demonstraram interesse em receber as escolas, 290 estão no Nordeste.  “O nosso Nordeste deseja voltar aos eixos. Precisamos de mais educação e de qualidade. Todos já sabemos que esse é um modelo de qualidade e deverá haver muita procura para matricular alunos, pois é notória e reconhecida a eficácia desse ensino”, observou.

A deputada rebateu críticas ao projeto indicação 58/19, de sua autoria, que dispõe sobre a implantação do projeto de escola com gestão compartilhada e prevê a transformação de colégios públicos do Ceará em colégios da Polícia Militar, em modelo similar ao nacional. A parlamentar contestou que isso seja uma forma de defesa da ditadura militar.

“Esse modelo que estou propondo já foi questionado até em audiência pública, e muitos alegaram que defendo a ditadura. Não tivemos uma ditadura militar. O que tivemos foi um regime que nos salvou do comunismo. Acredito sim que esse modelo só nos trará coisas boas”, afirmou.

O deputado Fernando Hugo (PP), em aparte, defendeu que o modelo de educação cívico-militar seja implantado no Ceará e pediu que algumas disciplinas voltem a ser ensinadas em sala de aula. “Eu queria aquelas disciplinas, como a religião, que foram castradas da grade curricular das escolas, voltassem à sala de aula. Nunca vi religião fazer mal a alguém. Pelo contrário, nos educa e forma da maneira que deve ser”, disse.

O deputado Vitor Valim (Pros) ressaltou que diversas regiões do Ceará têm carência de escolas militares e há um desejo da sociedade para que elas sejam ampliadas, com objetivo de haver mais vagas disponíveis para as crianças e adolescentes.
GS/LF
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 112 vezes Última modificação em Quinta, 17 Outubro 2019 13:58

Plano de Cargos

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O que deve ser prioridade em 2020?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500