Fortaleza, Sábado, 21 Julho 2018

Pesquisar

Processo Virtual


Legislação

Publicações

Eventos e Destaques


Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 26 Fevereiro 2018 10:28

Internautas acreditam que Campanha da Fraternidade pode minimizar violência

Avalie este item
(0 votos)
A enquete do Portal da Assembleia Legislativa veiculada entre os dias 19 a 26 de fevereiro questionou como os internautas avaliam o tema da Campanha da Fraternidade deste ano: Fraternidade e superação da violência.

Para a maioria dos participantes (68,8%), o tema é muito oportuno, já que é preciso sensibilizar a população, tendo em vista as causas do problema, na busca por diminuir os alarmantes índices registrados no País.

Já 31,3% são de acordo que a campanha resolve pouco e o importante é a mobilização dos governos para ações efetivas de combate ao problema.

A deputada Fernanda Pessoa (PR) concorda com a maioria dos internautas e considera de grande importância a campanha para a conscientização da sociedade. “É um tema oportuno, que através da religião consegue trabalhar a valorização da família. A campanha da fraternidade entra nas casas e apresenta a cultura de paz. É dentro de casa que o cidadão dialoga e aprende a respeitar o próximo e, com certeza, isso é válido para minimizar a violência”, assinalou.

Para o deputado Tomaz Holanda (PPS), a igreja faz um trabalho no qual a paz predomina e estimula a relação de respeito e amor entre as pessoas. “Nesse momento em que passamos uma crise na violência, o sentimento de irmandade e cuidado ao próximo é essencial porque trabalha o que há de bom nas pessoas, ajudando a substituir atos violentos por respeito”, disse.

Já o deputado Carlos Felipe (PCdoB) enfatizou que a violência não é um problema apenas de polícia, mas social, cultural e econômico. “Dentro desse sentido, devemos inserir uma nova cultura de paz. Assistimos e lemos muito sobre criminalidade, temos a cultura da intolerância, e isso incita a violência. Uma campanha que prega a paz e mostra que simples gestos, seja com seu vizinho ou com sua comunidade, podem gerar sentimentos bons é positiva; trabalha o que existe de benéfico nas pessoas”, afirmou.

Para o presidente da Comissão de Segurança Pública da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE), Francisco Garisto, a Campanha da Fraternidade é válida e útil. “Sem prevenção não existe solução. A igreja tem um grande papel na minimização da violência porque trabalha em conjunto com o povo a construção da paz. Com a Polícia fazendo a parte de investigar e reprimir e a população consciente de que pode ajudar e auxiliar na causa, com certeza, teremos uma diminuição nos números de crimes”, defendeu.

GM/PN

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 306 vezes Última modificação em Quinta, 01 Março 2018 14:32

Portal do Servidor

Eleições 2018

Enquete

Você acha que o período de férias de julho tem impacto positivo na economia cearense?

Internautas acreditam que Campanha da Fraternidade pode minimizar violência - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500