Fortaleza, Terça-feira, 27 Outubro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Sons dos Festivais destaca a obra de Geraldo Vandré - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 18 Julho 2018 14:16

Sons dos Festivais destaca a obra de Geraldo Vandré

Avalie este item
(0 votos)
Um dos artistas que mais marcaram os festivais de música dos anos de 1960, o cantor e compositor Geraldo Vandré é destaque desta quarta-feira (18/07) no programa Sons dos Festivais, da rádio FM Assembleia (96,7MHz).

Paraibano de João Pessoa, nasceu em 1935 e foi com a família para o Rio de Janeiro, em 1951. A então capital do País era terreno fértil de novas manifestações culturais e o cenário ideal para a entrada na carreira artística. A primeira aparição em festivais ocorreu em 1955, na TV Rio, interpretando a canção "Menina", de Carlos Lyra.

Geraldo Vandré acabou cedendo às pressões da família e entrou para a faculdade de Direito, mas manteve o contato com a música. Fez parcerias com artistas como Baden Powell, Alaíde Costa e Chico Buarque. Gravou o primeiro álbum, em 1964 e, em 1966, venceu o II Festival da Música Popular da TV Excelsior, interpretando "Porta-estandarte", composta em parceria com Fernando Lona.

O artista ganhou destaque nacional em 1966, quando venceu o Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, com a canção "Disparada", interpretado por Jair Rodrigues.

Em 1968, Geraldo Vandré protagonizou uma dos momentos mais emblemático da história dos festivais. No III Festival Internacional da Canção da TV Globo, a composição “Pra não Dizer que não Falei das Flores” ficou em segundo lugar, perdendo para Sabiá, de Chico Buarque e Tom Jobim. O público vaiou o resultado, exigindo que a música de Vandré fosse a campeã, mas o prêmio ficou com Sabiá.

Perseguido pela ditadura militar, o artista partiu para o exílio no Chile, depois morou na Argélia, Alemanha, Grécia, Áustria, Bulgária e França. Voltou ao Brasil em 1973, mas decidiu se afastar dos palcos.

Produzido por Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

JM/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 1012 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Está em vigor no Ceará a Lei 17.234/2020, que torna obrigatório o uso de máscara para evitar a disseminação da Covid-19. Que tipo de máscara você usa para se proteger?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500