Fortaleza, Domingo, 21 Julho 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 11 Março 2019 10:26

Internautas acreditam que dia dedicado a doenças raras colabora para melhorias

Avalie este item
(0 votos)
A enquete do portal da Assembleia Legislativa, veiculada entre os dias 26 de fevereiro e 11 de março, questionou se o Dia Mundial das Doenças Raras, celebrado em 28 de fevereiro, pode colaborar na melhoria da condição de vida dos portadores dessas doenças. Para 76,6% dos participante,  a data auxilia na sensibilização da sociedade, órgãos de saúde pública, médicos e na obtenção de alternativas de tratamento. Outros 23,4% acreditam que a iniciativa não tem qualquer resultado prático.

A deputada e presidente da Comissão de Seguridade Social e Saúde da Casa, médica Dra. Silvana (PR), explica que muitos brasileiros são portadores de doenças raras e a data alusiva ajuda a chamar a atenção da sociedade sobre formas de tratamento, além de esclarecer dúvidas. “As doenças são raras, porém juntando o tanto de pessoas que são portadoras o percentual é alto", alerta. Para a parlamentar,  é extremamente necessário uma atenção especial já que são pacientes que ficam internados por muito tempo e, as vezes, demoram a ser diagnosticados.

O deputado também médico Carlos Felipe (PCdoB) assinala que portadores de doenças raras precisam de atenção especializada, além de medicamentos que muitas vezes tem custo elevado. “O Dia Mundial das Doenças Raras é importante porque é uma data que une pessoas em prol de uma causa que é conseguir maior atenção por parte da população e dos governos em busca de melhorias, como a distribuição de medicamentos”, afirma.

Uma sessão solene na Assembleia Legislativa, realizada no último dia 28 de fevereiro, iniciativa da deputada Fernanda Pessoa (PSDB),  homenageou os profissionais que se dedicam às doenças raras e enalteceu a luta das pessoas portadoras. “Realizei esse evento para discutir questões ligadas aos poucos recursos do SUS (Sistema Único de Saúde) dedicados a essas doenças, além de buscar chamar atenção que qualquer doença tratada cedo tem mais chances de oferecer melhor qualidade de vida”, observa.

O médico clínico geral Felipe da Silva enfatiza que todas as datas que procuram alertar a sociedade para problemas relacionados a doenças são válidas. “É necessário sensibilizar a população e os governantes para as condições difíceis que as pessoas portadoras de doenças raras enfrentam. Além do alto custo dos medicamentos, muitos pacientes enfrentam internações constantes e precisam de atenção especializada. A data ajuda na luta por melhorias de políticas públicas para essas pessoas”, defende.

GM/AT
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 169 vezes

Portal do Servidor

Enquete

Onde você passará o período de férias?

Internautas acreditam que dia dedicado a doenças raras colabora para melhorias - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500