Fortaleza, Terça-feira, 10 Dezembro 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 26 Março 2019 10:30

Internautas consideram reforma da Previdência prejudicial

Avalie este item
(0 votos)
A enquete do Portal da Assembleia Legislativa veiculada entre os dias 11 e 25 de março questionou aos internautas sobre a proposta de emenda à Constituição (PEC) que reforma o regime de Previdência dos trabalhadores dos setores público e privado.

A maioria dos participantes (65,7%) acredita que o modelo divulgado pelo Governo Federal prejudica trabalhadores e precisaria ser reavaliado. Outros 34,3% são de acordo, considerando que a reforma é a única maneira de equilibrar as contas públicas e retomar a confiança do mercado.

O líder do Governo na Casa, deputado Júlio César Filho (PDT), ressalta que a reforma da Previdência é um tema que precisa de mais atenção dos legisladores e da sociedade. Segundo o parlamentar, a Previdência precisa ser reformulada, porém, com vasto estudo, para não penalizar os cidadãos.

“Defendemos, por exemplo, que quem ganha mais contribua com mais e quem ganha menos contribua com menos, além da necessidade de criação de um fundo para aqueles que não contribuem com a Previdência”, sugere.

Júlio César Filho enfatiza ainda que o tema está sendo tratado vastamente na Casa e estudado pelos parlamentares, com o objetivo de avaliar as possibilidades para uma reformulação sem danos para os trabalhadores.

A deputada Dra. Silvana (PR) alerta para a necessidade de realizar mais debates em prol de uma reforma previdenciária. “As pessoas estão assustadas e, da maneira que o Governo Federal está propondo fazer, não pode passar. É preciso que as casas legislativas debatam esse tema para buscar melhorias na reforma da Previdência”, diz.

Para a parlamentar, as ações devem contemplar o povo, e não tirar direitos adquiridos. “Antes de pensar a reforma, precisamos pensar nas pessoas, nas viúvas, nos órfãos e na sociedade em geral. Por isso é importante debater exaustivamente o tema, para buscar melhorias, e não a retirada de direitos”, afirma.

O deputado Salmito (PDT) entende que existe a necessidade de fazer uma reforma previdenciária, mas com objetivos claros, para garantir a segurança da população brasileira. “No modelo de capitalização, por exemplo, o sistema é de contas individuais, zerando totalmente o déficit e buscando tanto a contribuição do trabalhador quanto a patronal. A proposta apresentada pelo Governo Federal não conta com a contribuição patronal e tira direitos dos trabalhadores, quando aumenta os anos para a aposentadoria. Isso não podemos apoiar”, assinala.

Segundo o parlamentar, o modelo de capitalização permite que, em alguns anos, gere poupança para que o Brasil possa voltar a fazer investimento público,  emprego, renda e segurança fiscal. “Não concordamos em retirar direitos dos trabalhadores. É necessário garantir a segurança fiscal de todos, principalmente dos menos favorecidos”, assinalou.

Para o advogado trabalhista e empresarial Fábio Ozório, fazer uma reforma na Previdência é necessário, porém, ainda existem muitos pontos a serem discutidos. “A proposta de reforma do Governo Federal ainda deve receber diversas emendas, além de render muitos debates. É preciso que técnicos e especialistas se debrucem no texto para buscar melhorias para a população, pensando também na economia brasileira”, defendeu.
GM/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 326 vezes Última modificação em Quarta, 27 Março 2019 18:27

Plano de Cargos

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você é a favor da privatização do Parque Nacional de Jericoacoara e de outras unidades previstas pelo Governo Federal?

Internautas consideram reforma da Previdência prejudicial - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500