Fortaleza, Quarta-feira, 19 Janeiro 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Comissão de Direitos Humanos debate violação do direito à moradia digna - QR Code Friendly
Quinta, 18 Novembro 2021 09:57

Comissão de Direitos Humanos debate violação do direito à moradia digna

Avalie este item
(1 Voto)
A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Ceará promove, nesta sexta-feira (19/11), a partir das 10h, no auditório Murilo Aguiar, audiência pública para discutir as violações do direito à moradia digna em Fortaleza.

O debate atende a solicitação do presidente do colegiado, deputado Renato Roseno (Psol), como parte da missão do Ceará na campanha Despejo Zero, composta por entidades da sociedade civil e movimentos sociais de todo o País que investigam as denúncias de violações do direito à moradia digna.

De acordo com o parlamentar, multiplicam-se as denúncias de ocorrência de despejos ilegais na Região Metropolitana de Fortaleza, enquanto antigas demandas de efetivação de políticas habitacionais de interesse social seguem sem uma solução definitiva. O levantamento realizado pelo Escritório de Direitos Humanos e Assessoria Jurídica Popular Frei Tito de Alencar, da Assembleia Legislativa, a partir dos casos assessorados pelo escritório revela que, de março de 2020 até maio de 2021, 1.545 famílias em situação de vulnerabilidade social estavam ameaçadas de despejo no Estado.

“Essa será uma oportunidade para reunir os diversos atores envolvidos - observadores externos, representantes dos poderes públicos municipal e estadual, Legislativo, Judiciário, entidades da sociedade civil e movimentos sociais -, com o objetivo de expor as denúncias de violação ao direito à moradia digna verificadas durante a visita e de pactuar soluções”, ressalta o deputado.

Renato Roseno explica ainda que as entidades envolvidas na campanha deverão visitar locais de ocorrência de conflitos fundiários para colher denúncias e conhecer casos emblemáticos, além de percorrer órgãos públicos dos três poderes, apresentando, após, relatório com suas conclusões e recomendações.

Foram convidados para a audiência os representantes da campanha Despejo Zero nacional, do Fórum Nacional da Reforma Urbana (FNRU), Conselho Nacional de Direitos Humanos, Escritório Frei Tito de Alencar (EFTA), Defensoria Pública do Estado do Ceará (DPE), Ministério Público do Estado do Ceará (MPE), campanha Despejo Zero Ceará, Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza, Tribunal de Justiça do Ceará, Corregedoria Geral de Justiça, Secretaria de Habitação do Município de Fortaleza (Habitafor), Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor) e Secretaria de Cidades do Governo do Estado.

LA/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 260 vezes Última modificação em Sexta, 19 Novembro 2021 09:48

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500