Fortaleza, Domingo, 26 Junho 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Comitê de Prevenção de Homicídios da AL realiza oficina em Itinerante de Novo Oriente - QR Code Friendly
Quinta, 09 Dezembro 2021 12:09

Comitê de Prevenção de Homicídios da AL realiza oficina em Itinerante de Novo Oriente

Avalie este item
(0 votos)
Comitê de Prevenção de Homicídios da AL realiza oficina em Itinerante de Novo Oriente Foto: Máximo Moura
O Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência realizou, nesta quinta-feira (09/12), na Itinerante de Novo Oriente, a oficina “Cada Vida Importa”. 
 
Durante a atividade, o presidente do comitê, deputado Renato Roseno (Psol), apresentou o relatório de violência entre adolescentes de 10 a 19 anos no Estado, onde 8.061 foram mortos entre os anos de 2010 a 2020. Com isso, o parlamentar reafirmou a necessidade de políticas focadas na prevenção da criminalidade e dos homicídios e em programas de mediação de conflitos.
 
“Precisamos entender que a violência é ocasionada através da ordem social. Uma sociedade que não oferta qualidade de vida aos seus adolescentes provavelmente terá problemas de violência contra eles. Para que isso não aconteça, é preciso ouvi-los, e a escola é fundamental nesse processo de escuta”, declarou Roseno.
 
Além do debate com o parlamentar, a oficina contou com a participação da psicóloga do comitê, Daniele Negreiros, que destacou a interiorização da violência contra jovens e adolescentes, apresentando uma cartilha com 12 recomendações de prevenção a esses homicídios, criada pelo órgão. Para ela, a vida das crianças e adolescentes é prioridade absoluta.
 
“É preciso reconhecer e identificar a situação de vulnerabilidade de cada região. Trabalhamos com evidências, como prevenção ao abandono escolar, violências domésticas, gravidez na adolescência, entre outros riscos, que podem levar a uma situação mais grave na vida desses jovens”, assinalou. 
 
Entre as recomendações apresentadas estão a qualificação urbana dos territórios vulneráveis aos homicídios, busca ativa para inclusão de adolescentes no sistema escolar e atendimento integral no sistema de medidas socioeducativas.
 
A assistente social do comitê, Messiane Vieira, ressaltou a importância do Comitê de Prevenção e Combate à Violência, que é vinculado à Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, na realização de estudos e debates de atores e instituições, para manter a vida da criança e do adolescente em situação de vulnerabilidade.
 
“Nosso papel na Itinerante é apresentar o trabalho do órgão e conhecer, in loco, a realidade vivenciada pelos municípios. Aqui em Novo Oriente a experiência foi riquíssima, pois pudemos trocar ideias das situações dos problemas desta região”, observou.
 
A professora da Escola Eufrazino Neto, Antônia Zenaide de Araújo Silva, avaliou como positiva e enriquecedora a discussão e participação na oficina. Segundo ela, a temática é muito importante, principalmente quem trabalha com adolescentes.
 
“Precisamos conversar sobre a problemática da nossa situação para saber lidar com a nossa realidade. Só podemos resolver casos a partir das histórias dos nossos estudantes. Por isso, esse debate é fundamental para pensar em mais políticas públicas desenvolvidas, principalmente nas escolas, que é onde o jovem está inserido”, comentou.
 
Estiveram presentes na reunião psicólogas, representantes do Núcleo de Cidadania de Adolescentes (Nucas - Selo Unicef), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Centro de Atenção Psicossocial (Caps), Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e professoras da Escola Eufrazino Neto, todos da região do sertão dos Crateús. A oficina aconteceu no auditório da Feira de Serviços da Assembleia Itinerante, na Praça da Matriz, no município de Novo Oriente.
 
OUVIDORIA
 
Na programação da Itinerante em Novo Oriente, a Ouvidoria Parlamentar da Assembleia Legislativa do Ceará visitou as escolas Estadual de Educação Profissional (EEEP) Maria Eudes Bezerra Veras e a Especialista da Educação Básica (EEB) Coelho Mascarenhas, apresentando os trabalhos realizados pela Casa.
 
No encontro, foi informado aos estudantes sobre a ouvidoria como sendo o principal canal de interlocução entre o cidadão e o Poder Legislativo e ainda quem são os responsáveis pela fiscalização, regularidade e eficiência dos procedimentos legislativos e administrativos. 
 
DL/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 351 vezes Última modificação em Quinta, 09 Dezembro 2021 16:26

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500